CELEBRE AS RELAÇÕES

Consumir é necessário para sobrevivência, alimentos, produtos de higiene, roupas, medicamentos.

O varejo emprega milhões de pessoas, trabalhei muitos anos nesta área, e sei da importância para economia mundial. No entanto, há um descompasso no consumo nos dias de hoje que questiono. Estou cada dia mais surpresa com esta fúria do consumo desenfreado.

Os novos tempos praticamente nos obriga a consumir tecnologia para conseguirmos sobreviver nesta selva de informações. Estímulos novos e a mídia tenta nos seduzir para que tenhamos a sensação que estamos sempre precisando de algo...

Vamos nos desconectar desta falsa sensação, estamos substituindo as relações pessoais, e os sentimentos por “coisas”. Vejo pessoas comprando descontroladamente para terem momentaneamente seus espaços preenchidos. Este sentimento que precisamos “TER”, deve estar preenchido com o sentimento do “SER”.

Prestemos mais atenção no que realmente importa, vamos dar valor aos sentimentos, as relações, ao convívio com aqueles que amamos. Desta forma, seremos verdadeiramente plenos.

Pense nisto e consuma de forma mais consciente, compre sim, sinta-se belo, enfeite sua casa, mas jamais substitua sentimentos ou espaços vazios por “coisas”. Celebre a vida e o amor!

Prontuários Médicos Impecáveis

No início, os prontuários não cabiam no armário e amassavam com facilidade. Após a realização do projeto, o espaço foi otimizado, e os documentos foram organizados em ordem alfabética , rotulados e separados em arquivos fáceis de manipular.

Gaveta Infantil

Antes havia uma tentativa de “arrumar” a gaveta dobrando e empilhando uma peça sobre a outra. Após o projeto, as camisetas foram dobradas de forma padronizada com a ajuda de gabarito e organizadas na vertical para melhor visualização e manutenção.

Utilsando materiais já existentes

Não adianta comprar materiais de organização, se você não sabe como utilizar. 

Neste projeto, usamos os cestos já existentes, categorizamos , separamos os itens, dobramos as calcinhas em envelope e armazenamos na vertical. Desta forma a manutenção é facilitada.

Sapateira com maior profundidade

Se sua sapateira for profunda, coloque um calçado atrás do outro para que você visualize tudo que possui. Lembre-se, nós só usamos o que conseguimos ver. Isto também irá evitar o consumo desnecessário.

FAZENDO AS PAZES COM SEU “NINHO”

Estar em paz, talvez seja uma das questões mais difíceis do nosso dia a dia. Talvez isto dependa do perdão de alguém que ferimos, ou perdoar outro alguém que nos feriu. Talvez trabalhar em algo que traga realizações. Talvez fazer um projeto com um proposito maior, ou simplesmente conseguir se desconectar com tantas cobranças externas e se sentir pleno.

A maioria dos animais, racionais ou não, precisam de um ninho para retornar. Ter como referência a certeza de um lugar para voltar, é uma sensação de segurança necessária. Saber que há um “ninho” para se proteger do resto do mundo, faz parte no nosso instinto de preservação.

Você já parou para avaliar como anda o seu “ninho”? Será que você está cuidando dele como deveria? Fazer as pazes com sua casa, também deve fazer parte da sua rotina. Aquela parede suja deve ser limpa, ou pintada, aquele móvel que te traz tantas recordações boas, pode ser restaurado, a ordem deve ser mantida e a decoração, deve acompanhar seu atual momento de vida, pois se você evolui e muda, sua casa deve acompanhar esta evolução.

Se você nunca parou para pensar nisto, comece a cuidar da casa, ela é como nosso cabelo, precisa de limpeza, cuidados e atualização. Fazer as pazes com seu “ninho” lhe trará uma maravilhosa sensação de bem-estar.